11 de dez de 2007

SER MULHER SAI CARO



Não sei quanto a vocês, mas não posso deixar de ficar de queixo caído com a quantidade de dinheiro que uma mulher média tem que gastar pra "parecer mulher". Sim, porque para se ser mulher é preciso parecer mulher. E mulher se define pelos seguintes atributos:

1 - corpo
2 - cabelo
3 - maquiagem
4 - unhas
5 - pele
6 - roupa

Cada atributo vem com as respectivas subdivisões, cada uma devidamente explorada por um ramo (altamente lucrativo, por sinal) da indústria:

Corpo: academia, bronzeamento, massagista, creme pra celulite e outras pragas, hidratante, sabonete especial, etc etc etc... dá frouxo uns R$ 200,00

Cabelo: além dos cuidados regulares com a lavagem (normalmente shampoo e condicionador), o cabelo da mulher requer o tratamento profissional de um cabeleireiro qualificado, tintura e toda a sorte de químicos pra diminuir os estragos da pintura e mais uma tonelada de cremes pré e pós lavagem (isso pra não mencionar os condicionadores especiais para exposição ao sol muito em demanda neste começo de verão). Calculando por alto, deve dar outros 200R$ por mês pra mais econômica das vênus no mercado.

Maquiagem: outra batelada de bugigangas: base, corretores, sombra, rímel, batom, lápis etc, tudo isso em jogos de cores e combinações diferentes para ocasiões diferentes (imagine sair de dia com uma maquiagem de noite?! PECADO CAPITAL, MAIOR MICO!!!). Sei lá, alguém me ajude, porque não compro nada dessas coisas há mais de 10 anos. Pra quem tem já o arsenal pronto em casa e só faz a reposição, deve dar uns 80-120R$ por mês.

Unhas: esmalte, brilho, base, removedor (pra quem faz em casa) ou uma visita semanal ao salão mais próximo (a gente não enjôa da cor depois de 2 ou 3 dias?), isso sem falar nos pés. Deve dar aí uns 90R$ por mês.

Pele: hidratante corporal, bloqueador solar, removedor de maquiagem, base pra maquiagem, creme noturno, creme diurno, creme pra rugas, pros olhos, pro pescoço, pra joelhos e cotovelos, e dá-lhe flavonóides e isonóides e toda a sorte de misturas cheirosas embaladas em potinhos de 50g que custam os olhos da cara. Mas não pára aí: há os sabonetes especiais, os cremes pós-banho, as loções, talcos e toda uma parafernália que promete a juventude eterna. Por mês, uns 200R$.

Roupa: Bah! A cada estação, sabe com é, a moda muda, portanto, pro lixo com tudo que você desperdiçou na estação passada e guarda-roupas novo, mulherada, porque se no verão passado as saias eram curtas e coloridas, neste são cinza e balonée; portanto os 800R$ que você investiu pra ficar lindérrima ano passado valem menos que um pacotinho de Elma Chips. Isso se você foi espartana e só fez compras na Renner ou na C&A, e olhe lá! Mas, como não há mulher que resista a uma vitrine de butique, vamos ser mais realistas: 1.600 a 2.000R$ por estação, mais ou menos uns 600R$ por mês. E isso sem falar nos sapatos, né? Porque mulher que é mulher tem que comprar sapato novo todo o mês, é uma questão de auto-definição, de auto-estima! Portanto, bota mais uns 300R$ por mês aí.

Como ficou a nossa conta? Vamos lá!

Numa abordagem conservadora, teríamos algo como*:

1 - corpo = R$ 200,00
2 - cabelos = R$ 200,00
3 - maquiagem = R$ 80,00
4 - unhas = R$ 90,00
5 - pele = R$ 200,00
6 - roupas e sapatos = R$ 900,00

Total (por baixo): R$ 1.670,00

*Os valores acima referidos variam grandemente em função do gosto pessoal e das marcas/locais/serviços frequentados por cada consumidora. Tomo por base os preços que vejo praticados no comércio/serviços da minha vizinhança - um bairro de classe média sem muitas pretensões.

E aos homens, quanto custa?

1 - corpo = elas gostam de uma barriguinha de cerveja
2 - cabelos (shampoo e condicionador mais dois cortes mensais, e olhe lá ) = R$ 40,00
3 - maquiagem = tá me tomando pra boliola?!
4 - unhas = nem morto!!!
5 - pele = sabonete R$ 2,50
6 - roupas e sapatos = não sei, é a patroa quem compra!

Total: R$ 42,50

Alguém tá no prejuízo.